Como a videoconferência está ajudando a Policia Civil do Paraná

28 de dezembro 2018

As inovações tecnológicas estão ajudando diversos segmentos da sociedade. É o caso do uso de videoconferência na polícia.

Essa tecnologia começou a ser utilizada em 2016, pela Polícia Civil do Estado do Paraná. Ele foi o pioneiro no uso dessa solução para a realização de depoimentos.

O projeto teve início em Cascavel, quando a dona de um automóvel que foi roubado em Cascavel prestou depoimento ao delegado Wagner Holtz, chefe da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Curitiba, que estava na capital do Estado. O procedimento se fez necessário porque o automóvel foi encontrado em Curitiba.

Confira nesse post como as soluções em vídeo estão auxiliando os trabalhos da Policia Civil do Paraná.

A evolução da videoconferência na polícia

A iniciativa que começou em 2016 no Paraná já evolui bastante em apenas alguns anos, e mostra que a videoconferência na polícia pode ser utilizada em vários aspectos. Em junho de 2018 uma Instrução Normativa Conjunta regulamentou o uso dessa tecnologia e de um sistema audiovisual para a realização de procedimentos da polícia judiciária.

Essa regulamentação foi um grande passo para que o uso dessa tecnologia se torne ainda mais frequente. Basicamente, ela determina todas as normas que precisam ser seguidas para a utilização dessa inovação.

A regulamentação da videoconferência na polícia acaba trazendo uma série de benefícios, entre eles:

Captação de informações

Esse tipo de tecnologia acaba melhorando a captação de informações. Como é possível gravar as videoconferências, posteriormente esses conteúdos podem ser utilizados como provas em julgamentos.

Otimização de processos

Muitos processos dentro da polícia se arrastam por meses e até anos por conta da dificuldade de logística apresentada no setor. Com a utilização de videoconferência na polícia, será possível otimizar esses procedimentos, fazendo com que casos sejam resolvidos mais rapidamente e desobstruindo aos poucos a justiça.

Redução de custos

Outro aspecto importante a ser destacado é como esse tipo de solução reduz os custos dentro das corporações. Como vários procedimentos poderão ser feitos em municípios distintos, não haverá a necessidade de deslocamento de agentes, que gera altas despesas para o Estado.

Esses são apenas alguns dos benefícios da implementação dessa tecnologia dentro das corporações. Por conta disso, uma iniciativa que começou no Paraná já tem ganhado outros Estados!

Diferentes utilizações da videoconferência na polícia

A videoconferência na polícia do Paraná começou a ser implementada em depoimentos. Essa solução visava justamente otimizar processos em que o crime acabava tendo que ser investigado em outra cidade. Foi o caso da dona do automóvel roubado em Cascavel (interior do Estado) e aprendido em Curitiba (Capital).

Contudo, nos últimos anos já se tem estudado e até mesmo se aplicado essas inovações de outras formas dentro dos tramites da polícia. É o caso da Polícia Civil do Estado de Rondônia que utiliza a tecnologia para fazer a lavratura de auto de prisão em flagrante.

A iniciativa também começou em 2016 e surgiu por conta da falta de delegados no Estado. Através de câmeras, microfones e computadores o auto pode ser lavrado em uma cidade diferente, onde haja pessoal capacitado para essa função.

Além disso, algumas cidades de todo o Brasil já tem utilizado a videoconferência para a realização de interrogatórios. Essa medida tem sido amplamente aceita pelas corporações e setor judiciário.

Afinal, além de otimizar todos o processo, elas também tornam a vida de agentes mais seguras. Evita-se o deslocamento desnecessário de presos, e até mesmo dos próprios policiais.

A utilização da videoconferência na polícia é só mais uma prova de como essa tecnologia é inovadora. Através dela, é possível atender diferentes demandas e melhorar operações de modo geral.

Fale com a Wetalk.it e veja como essas soluções também podem ajudar a sua empresa.

Posts recentes

Deixe um comentário